Ontology-based Provisioning For Technology-independent Multi-layer Transport Networks

Nome: Pedro Paulo Favato Barcelos
Tipo: Tese de doutorado
Data de publicação: 18/12/2015
Orientador:

Nomeordem decrescente Papel
Anilton Salles Garcia Orientador

Banca:

Nomeordem decrescente Papel
Anilton Salles Garcia Orientador
João Paulo Andrade Almeida Examinador Externo
José Augusto Suruagy Monteiro Examinador Externo
Maria Luiza Machado Campos Examinador Externo
Maxwell Eduardo Monteiro Coorientador
Pedro Frosi Rosa Examinador Externo

Resumo: O aprovisionamento é uma atividade importante na configuração de redes. A
Recomendação ITU-T M.3400 define aprovisionamento de redes como sendo os
"procedimentos necessários para se colocar um equipamento em serviço, não
incluindo a instalação". Os aprovisionamentos de recursos e de serviços são
desafios recentes no planejamento de redes de comunicação, sendo atividades
importantes nos paradigmas de redes futuras, como as redes orientadas a serviços, as redes em nuvem e a virtualização de redes. Considerando os problemas identificados na literatura, esta tese investiga o uso de tecnologias semânticas, especialmente ontologias, para resolver o problema da falta de interoperabilidade na área e o uso dessas tecnologias como base para uma solução computacional capaz de aprovisionar redes de transporte multicamadas independentes de tecnologia considerando os estados dos equipamentos da rede. Esta tese tem como objetivo desenvolver uma solução computacional para as redes de transporte, contribuindo assim com a área de aprovisionamento de redes, uma subárea da gerência de redes. Para atingir esse objetivo, (i) uma Ontologia de Referência para redes de transporte multicamadas independentes de tecnologia foi construída com base na
Recomendação ITU-T G.800 utilizando-se de uma linguagem de ontologias bem
fundamentada e expressiva para a definição de uma semântica precisa para a área. Essa Ontologia de Referência permite a comunicação, a aprendizagem e a interoperação na área de redes de transporte. Além disso, (ii) um modelo de rede semanticamente melhorado para o aprovisionamento de redes de transporte, aqui chamado Ontologia Computacional em OWL, foi gerado a partir da Ontologia de Referência através de uma rígida engenharia de ontologias; e (iii) foi implementado um sistema baseado em conhecimento para aprovisionamento de redes de transporte que usa a Ontologia Computacional em OWL como base de conhecimento. Os resultados de um teste em uma Rede Óptica de Transporte confirmam que o sistema desenvolvido é capaz de realizar o aprovisionamento de circuitos e o aprovisionamento de conexões em redes de transportes multicamadas considerando os estados dos equipamentos.

Acesso ao documento

Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910