Medição de tempo de comunicação e exibição de tempo de resposta para Espaços Inteligentes Programáveis

Nome: Wagner Augusto Aranda Cotta
Tipo: Dissertação de mestrado acadêmico
Data de publicação: 15/07/2020
Orientador:

Nome Papelordem crescente
Anilton Salles Garcia Orientador
Raquel Frizera Vassallo Co-orientador

Banca:

Nome Papelordem crescente
Anilton Salles Garcia Orientador
Rodrigo Stange Tessinari Examinador Externo
Rodolfo da Silva Villaca Examinador Externo
Raquel Frizera Vassallo Coorientador

Resumo: O conceito de cidades inteligentes como área urbanizada onde vários setores cooperam para alcançar resultados sustentáveis traz agregado, direta e indiretamente, uma grande quantidade de tecnologias e conceitos. Uma cidade inteligente pode ser estudada através da correspondência com um espaço inteligente programável, que é um espaço físico equipado com uma rede de sensores, que obtém informações sobre o mundo que observa, e uma rede de atuadores, que permite sua interação com os usuários e a modificação do próprio ambiente através de serviços de computação. Para enfrentar os desafios emergentes da implementação desse espaço, os paradigmas de sistemas distribuídos, juntamente com a arquitetura de Internet das Coisas, vem sendo amplamente utilizados devido as suas vantagens. Assim, no Laboratório de Visão Computacional e Robótica da Universidade Federal do Espírito Santo (UFES) foi criado um Espaço Inteligente Programável utilizando-se uma arquitetura IoT baseada em broker e um sistema de forma distribuída, onde os conceitos de cidades inteligentes encontram-se aplicados. Algumas aplicações desenvolvidas para esse espaço inteligente utilizam câmeras como principal sensor e possuem, como um dos seus requisitos, o funcionamento em tempo real. Dessa forma, é levantada a questão da sensibilidade ao tempo de resposta, onde, para um perfeito funcionamento, o sistema tem uma janela de tempo para uma execução de todos os serviços em cadeia. O tempo de resposta pode ser observado utilizando ferramentas de tracing, quando se
trata de processamento, contudo no que diz respeito à comunicação, há uma ausência de ferramentas específicas, o que deixa claro a necessidade do desenvolvimento de uma maneira capaz de medir a comunicação, especialmente para microsserviços. Sabendo da importância das medições na depuração de tais aplicações e da falta de ferramentas que realizam uma medição completa do tempo de resposta para o espaço inteligente, nesta
dissertação de mestrado é apresentada uma proposta de solução que realiza a medição da comunicação em um sistema distribuído baseado em microsserviços. Além disso, tal informação é agregada junto do tempo medido no processamento por outros meios, para que o tempo de resposta seja mais fielmente mensurado e exibido em uma ferramenta de tracing. Para fins de validação, a proposta foi aplicada em duas situações: utilizando serviços criados para depuração e utilizando uma aplicação real desenvolvida anteriormente à concepção deste trabalho. Ao final, uma discussão é feita envolvendo as conclusões alcançadas com este trabalho e melhorias para a solução proposta, enumerando possíveis trabalhos futuros.

Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910