A Novel Approach Of Independent Brain-computer Interface Based On SSVEP

Nome: Richard Junior Manuel Godinez Tello
Tipo: Tese de doutorado
Data de publicação: 01/09/2016
Orientador:

Nomeordem decrescente Papel
Andre Ferreira Co-orientador
Sandra Mara Torres Muller Co-orientador
Teodiano Freire Bastos Filho Orientador

Banca:

Nomeordem decrescente Papel
Andre Ferreira Coorientador
Antonio Mauricio Ferreira Leite Miranda de Sá Examinador Externo
Eduardo Rocon de Lima Examinador Externo
Patrick Marques Ciarelli Examinador Interno
Sandra Mara Torres Muller Coorientador
Teodiano Freire Bastos Filho Orientador

Resumo: Durante os últimos dez anos, as Interfaces Cérebro Computador (ICC)
baseadas em Potenciais Evocados Visuais de Regime Permanente (SSVEP) têm
chamado a atenção de muitos pesquisadores devido aos resultados promissores e as altas taxas de precisão atingidas. Este tipo de ICC permite que pessoas com dificuldades motoras severas possam se comunicar com o mundo exterior através da modulação da atenção visual a luzes piscantes com frequência determinada. Esta Tese de Doutorado tem o intuito de desenvolver um novo enfoque dentro das chamadas ICC Independentes, nas quais os usuários não necessitam executar tarefas neuromusculares para seleção visual de objetivos específicos, característica que a distingue das tradicionais ICCs-SSVEP. Assim, pessoas com difculdades motoras severas, como pessoas com Esclerose Lateral Amiotrófca (ELA), contam com uma nova alternativa de se comunicar através de sinais cerebrais. Diversas contribuições foram realizadas neste trabalho, como, por exemplo, melhoria do algoritmo extrator de características, denominado Índice de Sincronização Multivariável (ou MSI,
do Inglês), para a detecção de potenciais evocados; desenvolvimento de um novo método de detecção de potenciais evocados através da correlação entre modelos multidimensionais (tensores); o desenvolvimento do primeiro estudo sobre a influência de estímulos coloridos na detecção de SSVEPs usando LEDs; a aplicação do conceito de Compressão na detecção de SSVEPs; e, fnalmente, o desenvolvimento de uma nova ICC independente que utiliza o enfoque de Percepção Fundo-Figura (ou FGP, do Inglês).

Acesso ao documento

Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910